terça-feira, 8 de novembro de 2011

Nova Actualização

video
Vou colocar novo vídeo com a actualização do projecto de hidroponia.Através destas actualizações pode-se comparar a evolução das diferentes culturas e servira mais tarde como referencia para o que vier a "cultivar"

10 comentários:

  1. Parabéns pelo projecto! Estou cada vez mais seduzido pela hidroponia (até agora é apenas uma ideia...)!
    Um desses dias vou tentar construir a minha mini estufa, embora não tenha quaisquer conhecimentos de como fazê-lo (melhor técnica de fixação do plástico às traves de madeira, p.e.), nem sei bem onde adquirir os nutrientes (já tentei aqui numa loja de Coimbra - Loja da Maria, mas não me parecem adequados para grandes quantidades de solução nutritiva, pois vêm já como solução concentrada). Outra questão que me preocupa é a qualidade do tubos, pois li "por ai" que a solução nutritiva, em contacto com os tubos de PVC (ao contrário dos de polietileno de alta densidade, ou polipropileno, adequados para redes de água potável) pode libertar algumas "substâncias indesejáveis". Basicamente, o que me tem levado a atrasar esta aventura é a falta de tempo... mas ao ver projectos como o seu, fico cá com uma inveja!....Boa sorte e continue a partilhar connosco a sua experiência!

    ResponderEliminar
  2. Caro Gonçalves
    Em primeiro lugar,obrigado pelo comentário.Quero lhe dizer que me parece estar exactamente como eu estava há dois meses atrás.Também eu tinha o mesmo problema de como fixar o plástico á estrutura,que tubos utilizar,onde comprar a solução,etc,etc.Quando pensar em fazer a sua mini estufa pode colocar as questões que entender,pois terei o maior gosto em o ajudar,e a não cometer alguns erros que cometi.A solução compro em www.hidrovista.pt,eles mandam á cobrança e custa 6,5€ para mil litros de agua.
    Boa sorte com o seu projecto
    Cumprimentos
    Inácio Martins

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pela disponibilidade! Um dia desses vou mesmo avançar... Estou a pensar em instalar a minha estufa num espaço entre a minha casa e o muro de separação do lote do meu vizinho (uns modestos 3 metros). Quanto ao comprimento, deverá ter cerca de 3 ou 4 metros. Relativamente à estrutura, penso adquirir daqueles "prumos" de madeira já tratada (que se usam nas vinhas, vedações, etc) com 3 metros de comprimento. A cobertura superior, tendo em conta que é um sítio um pouco ventoso, estou a pensar aplicar-lhe policarbonato alveolar (daquele material transparente, atérmico, que se utiliza em marquises, etc.)e, de lado, o plástico. A melhor solução será fixar este material com uma outra peça (uma ripa mais fina)de madeira, ficando o plástico no meio, não acha?
    Uma vez mais obrigado pela disponibilidade

    ResponderEliminar
  4. Caro Gonçalves
    em relação á estrutura os postes de vedação são uma óptima opção.São resistentes e a madeira vem tratado,o que o faz poupar uns bons euros em tratamento.em relação á cobertura,utilize plástico próprio para estufas.pois vem com um tratamento para filtrar os raios ultra violeta,e para evitar o efeito de chuva que acontece com a condensação da humidade dentro da estufa.A opção de fixar o plástico parece-me boa,mas também pode utilizar daqueles agrafes grandes,dobrando o plástico na parte de dentro pois é bastante resistente.Não se esqueça de deixar"janelas" para controlar a temperatura e humidade.Quanto á localização o importante é ter uma boa exposição solar.Quando comprar tubos compre brancos,pois eu de verão vou ter que forrar os meus com alumínio,devido á temperatura que atingem.Divirta-se e boa sorte

    ResponderEliminar
  5. Bom dia, Inácio
    Obrigado pelas dicas! A ideia de agrafar é óptima (e mais prática, claro), dado que o plástico é suficientemente resistente.
    Continue a "postar" as suas experiências hidropónicas! Eu, e muitos mais, agradecem!

    Votos de um bom domingo (ainda que chuvoso)

    ResponderEliminar
  6. Olá,
    Para resolveres os problemas de amplitude térmica, utiliza inércia, ie, guardas o calor do dia para a noite, como os radiadores de pedras que aquecem no bio-horário e libertam durante o dia.
    Se necessitares ajuda no dimensionamento , cá estou disponível para isso.
    Essa chaminé é de que equipamento ?
    Abraço,
    Marcos

    ResponderEliminar
  7. bom inacio, uma duvida..
    o melhor é o cano branco? é necessario ser de tubos de polipropileno?
    uma duvida.
    a soluçao do bercario tem que ser separada da fase final ou pode ser tudo juntos? uma caixa para os dois?
    pois tava lendo que no berçario absorve menos nutriente e era bom ser separados..
    obrigado

    ResponderEliminar
  8. OUTRA PERGUNTA O QUE TENHO QUE PASSAR DENTRO DO CANO PVC BRANCO
    QUE ELES FALA QUE É TOXICO E PRECISA PASSAR UM PRODUTO.QUAL PRODUTO É ESSE?

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde Inácio.
    Parabéns pelo projeto, achei um espéctaculo.
    Tambem tenho uma coisa icentica, mas com pouca sorte é que não acerto com os produtos, tento manter umas indicações que apanhei na net mas não tenho tido exito. Gostaria que me desses algumas dicas para poder melhorar o meu processo, ou por outra onde estou a falhar.. obrigado..

    ResponderEliminar